Home»Manutenção»ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO AR CONDICIONADO E SUAS FINALIDADES

ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO AR CONDICIONADO E SUAS FINALIDADES

694
Shares
Pinterest Google+

As atividades de manutenção cobrem, em geral, os cuidados com os dispositivos, equipamentos, ferramentas, máquinas e, por último, mas não menos importante, instalações fixas para uma ampla gama de propósitos diferentes. O foco é manter todos esses objetos mecânicos em boas condições de funcionamento, para manter a funcionalidade pretendida e as exigências de segurança.

Os objetivos da manutenção são:

  1. Conservar a funcionalidade do sistema;
  2. Proporcionar segurança ambiental para os usuários/proprietários;
  3. Conservar o valor;
  4. Garantir aos proprietários o cumprimento da garantia;
  5. Manter o sistema operacional com a capacidade necessária para a finalidade pretendida, com o consumo mínimo de energia.

As atividades de manutenção devem ser realizadas de tal forma que:

6. Acidentes sejam minimizados;

  1. Danos materiais sejam minimizados;
  2. Componentes do sistema permaneçam em bom estado de funcionamento;
  3. O objetivo e disponibilidade do sistema sejam mantidos;
  4. Vazamentos de fluido frigorífico ou óleo sejam identificados e corrigidos;
  5. O desperdício de energia seja minimizado.

Com todos os fatos mencionados acima em mente, os usuários também têm o dever de cumprir os requisitos descritos nos regulamentos técnicos, leis ambientais e instruções do fabricante, para manter a confiabilidade operacional e segurança do sistema de refrigeração. É muito comum e natural que carros, por exemplo, tenham intervalos de “inspeção” prescritos ou que “consertos” precisem ser feitos. Neste caso é diferente, deve-se tomar mais cuidado! Em sistemas de refrigeração e ar condicionado, termos e definições têm uma aceitação claramente definidas. Em primeiro lugar, geralmente há a “inspeção” e, posteriormente, a “manutenção” e, se necessário, um “reparo”.

LEIA TAMBÉM: O QUE ESPERAR SOBRE A TENDÊNCIA DE UTILIZAÇÃO DOS REFRIGERANTES NOS PRÓXIMOS ANOS?

São necessárias programações regulares de manutenção e inspeção preventivas e planejadas para cada sistema RAC e todos os componentes do sistema. Dependendo da estrutura e complexidade do sistema, a documentação deverá ser a mais detalhada possível, mantendo o mínimo necessário. Para sistemas compactos, como aparelhos integrados “stand-alone” (como geladeiras, freezers comerciais e expositores refrigerados), os esforços de trabalho e documentação são menores do que em sistemas como os de supermercados ou de ar condicionado de edifícios em processo de manutenção. A extensão e periocidade das atividades de manutenção devem ser totalmente descritas no manual de fabricação/instalação.

Geralmente, existem ferramentas específicas disponíveis, como fórmulas e checklists, para melhorar e facilitar o trabalho dos técnicos.

A operação e manutenção de sistemas de refrigeração (incluindo ar condicionado) estão sujeitas à legislação relativa à saúde, segurança e meio ambiente. Todas as normas, regulamentos e códigos de práticas relacionadas (se aplicáveis) devem ser seguidos e mantidos em todos os momentos.

Dúvidas, comentários ou sugestões? Utilize os comentários abaixo.

Veja também: DICAS DE MANUTENÇÃO MINI SPLIT

Previous post

SÍMBOLOS REFRIGERAÇÃO DE ACORDO COM EN1861

Next post

BOAS PRÁTICAS MANUTENÇÃO: O QUE FAZER E O QUE NÃO FAZER

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado.